segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Em Chapadinha, Flávio Dino confirma que não ajuda a saúde do município e propõe que prefeita lhe entregue a UPA

Em pronunciamento feito na semana passada, a prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha, falou do desafio em manter a saúde municipal funcionando apenas com emendas parlamentares e recursos federais, uma vez que o estado não ajudava com nenhum repasse. A gestora disse, inclusive, que continuava aguardando um auxílio prometido pelo governo do estado, no aporte de R$ 1 milhão, que até o momento não havia chegado .

Vale ressaltar que, no início de 2019, ao entregar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Chapadinha para a administração municipal, o próprio governo do estado se comprometeu a enviar R$ 200 mil por mês para ajudar na manutenção da referida unidade, conforme mostram os ofícios abaixo.
Sem receber a tal ajuda, Belezinha fez um apelo ao governador Flávio Dino, no início de maio, para que ele cumprisse os repasses prometidos para a UPA (ofício abaixo). Na época, o atendimento na unidade estava restrito a infectados pela covid-19 e o número de casos estava aumentando.

O secretário estadual de saúde, Carlos Lula, respondeu à prefeita sinalizando que o governo honraria o compromisso, porém, como ela mesma já relatou, até hoje nenhum repasse foi feito. Para quem não lembra, maio foi o mês em que Chapadinha teve o maior número de mortes pela doença.
No último sábado, dia 09, por ocasião da visita do governador à cidade, Belezinha aproveitou a oportunidade para, mais uma vez, solicitar ajuda para a saúde do município. Por sua vez, Flávio Dino acabou confirmando que o estado só envia recursos para o Hospital Regional, que funciona de portas fechadas, enquanto o município toca sozinho os dois hospitais municipais (HAPA e UPA) e mais a maternidade, todos de portas abertas para atender a pacientes de Chapadinha e vários outros municípios da região.

Mas não ficou por aí. Entre falácias e indiretas típicas de políticos sem compostura - caso do nosso governador, infelizmente -, que chegaram a repercutir na imprensa estadual, Flávio Dino também propôs à prefeita que entregasse a administração da UPA para o governo do estado. 

E a pergunta que todos em Chapadinha estão se fazendo é : Por que Flávio Dino entregou a UPA para a administração municipal assim que terminou o ano eleitoral de 2018, ficou esse tempo todo sem enviar um centavo para ajudar a manter a unidade, e só agora, faltando um ano para as eleições gerais, se propôs a assumir a UPA novamente ?

Por : Blog Chapadinha.Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Karol Pontes, filha da prefeita de Chapadinha sofre acidente na BR 222

O carro da filha da prefeita de Chapadinha Belezinha, capotou por volta das 16h da tarde desta sexta-feira (22), na BR 222, na a...